CLORETO DE MAGNÉSIO PA, QUAL É O SEU PROBLEMA? SAÚDE PLENA#2

  1. Regulariza a pressão arterial elevada

O magnésio reduz a tensão da musculatura vascular melhorando a circulação e baixando a pressão arterial.

cloreto




2. Previne o infarto do miocárdio

Muitas vezes acontece o infarto agudo do miocárdio por deficiência de magnésio

3. Dissolve a maioria dos cálculos renais

Tomando magnésio se reduz as chances de formação de cálculos renais  pois, este elemento impede as calcificações em lugares inadequados

4. Melhora a qualidade dos ossos e dentes

Os processos de osteoporose regridem significativamente com a ajuda do magnésio na forma de cloreto já que, está comprovada a relação entre o consumo de cálcio e a absorção de magnésio.

5. Auxilia no tratamento da asma

20% dos asmáticos são deficientes em magnésio e este elemento ajuda no tratamento pois tem a qualidade de melhorar o sistema imunológico

6. Resolve o cansaço crônico

Baixos níveis de magnésio costumam estar correlacionados com as ocorrências de cansaço crônico sem causa conhecida e, no caso, o magnésio melhora a capacidade do organismo em converter alimentos em energia.

7. Enxaquecas ou migrenas

O magnésio é um vasodilatador por excelência promovendo muito rápida melhora em casos de dores de cabeça

8. Melhora a função renal

O cloreto de magnésio ajuda ao bom funcionamento dos rins como filtros mantendo as vias urinárias oxigenadas

9. Síndrome metabólica

Com o magnésio se trata a resistência insulínica, uma das causas primeiras da hipertensão essencial

10. Melhora a função hepática

Em casos de figado gorduroso ou de alcoolismo, este elemento é essencial para a melhora da função hepática

11. Combate o estresse

O cloreto de magnésio ajuda no combate ao estresse típico do tipo de vida assumido atualmente pelas sociedades ocidentais. Nesse tipo de estresse o nosso organismo perde muito magnésio

12. Calmante do sistema nervoso

O cloreto de magnésio tem um efeito calmante no sistema nervoso e ajuda no bom descanso noturno, acalma nervos superexcitados

13. Regula a menstruação e tpm

O magnésio tem ação regulatória nas glândulas e, por este efeito, também ajuda na diminuição dos sintomas típicos da tensão pré-menstrual

14. Melhora a digestão

Magnésio regula a produção de ácidos estomacais reduzindo sintomas de acidez e digestão lenta, pesada.

15. Reduz o risco de diabetes

A ingestão de magnésio melhora a sensibilidade à insulina

16. Impede o risco de parto prematuro

Magnésio reduz a ocorrência de partos prematuros pois tem o efeito de reduzir as contrações uterinas antecipadas.

17. Melhora o ph do nosso organismo

A ingestão de magnésio promove o reequilíbrio do nosso pH reduzindo os casos de acidificação do sangue e suas consequências: doenças e infecções.

18. Previne a obstipação

O intestino preso pode ser ajudado com o uso do cloreto de magnésio que auxilia na criação de um ambiente mais úmido para as fezes melhorando também os movimentos peristálticos necessários para a expulsão destas.

19. Normaliza os níveis de colesterol

O nível adequado de magnésio no organismo regula a produção de colesterol do tipo LDL e HDL e mantendo-os no equilíbrio necessário à boa saúde.

20. Reduz o risco de câncer e tumores

A ingesta de cloreto de magnésio aumenta o magnésio existente nas nossas células o que as mantêm saudáveis impedindo, muitas vezes, a formação de tumores cancerígenos.

21. Melhora as funções cerebrais

O consumo de cloreto de magnésio potencializa as funções cerebrais de aprendizagem e diminui a sua perda no envelhecimento.

22,Cloreto de magnésio para ajudar a combater problemas de sono

A insônia está afetando muitos hoje em dia. Ela pode afetar sua saúde e bem-estar geral. O magnésio tem sido provado em muitos estudos por responsável para ajudar com o sono




reflexão meditação diária Está consumado

Quando, pois, Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado! E, inclinando a cabeça, rendeu o espírito. João 19:30

meditacao-diaria





Satanás torturava com cruéis tentações o coração de Jesus. O Salvador não podia enxergar para além dos portais do sepulcro. A esperança não Lhe apre­sentava Sua saída da sepultura como vencedor, nem Lhe falava da aceitação do sacrifício por parte do Pai. Temia que o pecado fosse tão ofensivo a Deus, que sua separação tivesse que ser eterna. Cristo sentiu a angústia que há de experi­mentar o pecador quando a misericórdia não mais interceder pela humanidade culpada. Foi o sentimento do pecado, trazendo a ira divina sobre Ele, como subs­tituto do ser humano, que tornou tão amargo o cálice que sorveu, e quebrantou o coração do Filho de Deus. […]

Deus e Seus santos anjos estavam ao pé da cruz. O Pai estava com o Filho. Sua presença, no entanto, não foi revelada. Se Sua glória tivesse irrompido da nuvem, todo espectador humano teria sido morto. Naquele momento terrível, Cristo não deveria ser confortado com a presença do Pai. Pisou sozinho o lagar. […]

Para os anjos e os mundos não caídos, o brado “Está consumado” teve pro­funda significação. Fora em seu benefício, bem como no nosso, que se operara a grande obra da redenção. Eles compartilham conosco os frutos da vitória de Cristo.

Até a morte de Jesus, o caráter de Satanás não fora ainda claramente reve­lado aos anjos e mundos não caídos. O arquiapóstata se revestira por tal forma de engano, que mesmo os santos seres não lhe compreenderam os princípios. Não viram claramente a natureza de sua rebelião. […]

Era desígnio divino colocar as coisas numa base de segurança eterna, sendo decidido nos conselhos celestiais que se concedesse tempo a Satanás para desen­volver seus princípios, o fundamento de seu sistema de governo. Ele afirmava que estes eram superiores aos princípios divinos. Foi concedido tempo para que os princípios de Satanás operassem, a fim de serem vistos pelo universo celestial. […]

Bem podiam, pois, os anjos se regozijar ao contemplarem a cruz do Salvador. Embora não compreendessem ainda tudo, sabiam que a destruição do pecado e de Satanás fora para sempre assegurada, que a redenção do ser humano era certa e que o universo estava para sempre a salvo (O Desejado de Todas as Nações, p. 753, 754, 758, 759, 764).



 

tag: meditação diária, reflexão diária, devocional,. igreja adventista iasd, palaavra de Deus


OBESIDADE E DOENÇAS RELACIONADAS

Conheça os riscos para a saúde.

obesidade e doenças



Mais de 65 milhões de adultos e 10 milhões de crianças sofrem de obesidade, considerada uma das principais causas de doenças potencialmente fatais. Ser obeso mórbido pode comprometer a sua saúde, encurtar a sua vida, e até mesmo causar a morte. Se você estiver com sobrepeso, as probabilidades de desenvolver doenças cardíacas, diabetes e pressão arterial elevada aumenta significativamente. Aqui estão algumas doenças relacionadas à obesidade.

1 Pressão Alta -. Pressão arterial alta é a principal causa de morte entre os americanos com mais de 25 cerca de 75 milhões de pessoas sofrem de pressão arterial alta ou hipertensão, que é um importante fator de risco para doenças cardíacas.. A pressão arterial tende a aumentar com o aumento de peso e idade. Não se sabe por que a obesidade é uma das principais causas de pressão arterial elevada. No entanto, a pesquisa mostrou que pacientes obesos apresentaram um aumento do volume sanguíneo e resistência arterial. Para as pessoas que estão acima do peso e têm pressão arterial elevada, perdendo apenas 8 quilos pode ajudar a reduzir a pressão arterial a um nível seguro.

  1. DiabetesA obesidade é considerada um dos fatores mais importantes no desenvolvimento de resistência à insulina, e pode levar ao tipo de diabetes tipo 2 . De acordo com a Organização Mundial de Saúde, mais de 90 por cento dos pacientes com diabetes em todo o mundo têm diabetes tipo 2. Sendo o que contribui com excesso de peso ou obesos para o desenvolvimento de diabetes, tornando as células mais resistentes aos efeitos da insulina. A perda de peso de 15-20 quilos pode ajudar a diminuir o risco de desenvolver diabetes tipo 2.

 3 Doença Cardíaca -. Segundo a Americam Heart Association , a obesidade é um fator de risco para o desenvolvimento de doença cardíaca coronária, que pode levar a um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral. Pessoas que estão acima do peso correm um maior risco de sofrer um ataque cardíaco antes dos 45 anos. Adolescentes obesos têm uma maior chance de ter um ataque cardíaco antes dos 35 anos que os adolescentes não-obesos. Se você estiver com sobrepeso, perder 10-15 quilos pode reduzir o risco de desenvolver doenças cardíacas. Se você se exercita regularmente, o risco de desenvolver doença cardíaca cai ainda mais.

 4 níveis elevados de colesterol -. Colesterol alto é uma das principais causas de ataques cardíacos. O colesterol é transportado através do seu sangue de duas maneiras: a lipoproteína de baixa densidade (LDL), que transporta o colesterol para as células que dela necessitam, e a lipoproteína de alta densidade (HDL), que é o colesterol saudável que reduz o risco de coração ataque. Ter níveis elevados de LDL aumenta o risco de ter doenças cardíacas em 20 por cento.Perder 11-20 quilos pode ajudar a reduzir significativamente o seu nível de colesterol.

5 Câncer -. Um estudo realizado pela Americam Heart Association revelou que o excesso de peso aumenta suas chances de desenvolver câncer em 50 por cento. As mulheres têm um risco maior de desenvolver câncer se forem mais de 20 quilos acima do peso. O exercício físico regular e uma perda de peso de apenas 12 quilos pode diminuir significativamente o risco.

6 infertilidade -. Ser obeso pode causar mudanças nos níveis hormonais das mulheres, o que pode resultar em falência ovariana. As mulheres que são 15-25 quilos acima do peso têm um risco maior de sofrer de infertilidade e câncer de ovário. Nossos corpos precisam de estar em um peso adequado para produzir a quantidade certa de hormônios e regular a ovulação e a menstruação.Não acho que os homens são imunes à infertilidade. Homens com excesso de peso têm maior chance de desenvolver a mobilidade e uma baixa contagem de espermatozóides. Derramamento 12-14 quilos pode ajudar a reduzir os riscos.

7 Dor nas costas -. Obesidade é um dos fatores que contribuem de dores nas costas e articulações.O excesso de peso pode causar prejuízo para as partes mais vulneráveis ​​da coluna vertebral, que carrega o peso do corpo. Quando se tem que carregar excesso de peso, as chances de sofrer de uma lesão na coluna vertebral ou aumento de danos estruturais. Estar acima do peso também aumenta o risco de osteoporose em desenvolvimento, dores nas costas, artrite e artrose. Perder 10-15 libras pode ajudá-lo a diminuir o risco de desenvolver esses problemas.

8 – Infecções de pele. Indivíduos obesos e com excesso de peso pode ter a pele que se dobra sobre si mesma. Estas áreas vincadas pode ficar irritada da fricção e suor, o que pode levar à infecções de pele.

9 Úlceras -. de Acordo com um estudo realizado pelo instituto nacional de saúde (ins) a obesidade pode ser um fator que contribui para o desenvolvimento de úlceras gástricas. As úlceras gástricas pode ocorrer quando há um desequilíbrio entre a quantidade de ácido clorídrico, que é segregada e a enzima pepsina. Homens com excesso de peso correm um maior risco de desenvolvimento de úlceras gástricas do que as mulheres. A perda de peso de menos de 7 quilos pode ajudar a reduzir o risco.



10 Cálculos biliares -. Sendo severamente o excesso de peso aumenta o risco de desenvolver cálculos biliares, especialmente em mulheres. Os cálculos biliares são causados ​​quando o fígado libera uma quantidade excessiva de bile, que é armazenada na vesícula biliar. Os cálculos biliares são mais comuns em mulheres mais velhas e aqueles com história familiar de cálculos biliares.Perder 4-9 quilos reduz o risco de desenvolvimento de cálculos biliares. O exercício moderado também podem ajudar a diminuir o risco.

Se você sofre de diabetes ou pré-diabetes tipo 2 e precisa perder peso, COM O programa (medida certa e corpo perfeito) do vida plena de saúde.você pode ajudá-lo a controlar as doenças por meio de nutrição, reeducação alimentar e fitness, bem como modificação de comportamento. Este programa  pode  ajudar as pessoas com diabetes tipo 2 e pré-diabetes perder peso e reduzir os seus níveis de açúcar no sangue. Dê a si mesmo uma segunda chance e tomar medidas no sentido de um estilo de vida saudável e feliz.

Obesidade e da Síndrome Metabólica

A Obesidade impacta negativamente existente endócrina e metabolismo transtornos. Na verdade, um em cada cinco pessoas com excesso de peso é afetado pela síndrome metabólica, ou “Síndrome X26”.

A síndrome metabólica é uma das que mais crescem as preocupações de saúde relacionadas com a obesidade em todo mundo e é caracterizada por um conjunto de problemas de saúde, incluindo obesidade, hipertensão, níveis anormais de lipídios e açúcar elevado no sangue.

Os pacientes com síndrome dos  ovários  policísticos,  e outras condições têm um risco aumentado de desenvolver a síndrome metabólica.

De acordo com os centros para controle e prevenção de doenças (cdc), a síndrome metabólica afeta quase um quarto (22 por cento) da população americana – um número estimado de 47 milhões de pessoas. O conjunto de problemas caracterizados como compreendendo a síndrome metabólica pode aumentar o risco de um paciente para o desenvolvimento de problemas de saúde mais graves, como diabetes, doenças cardíacas e acidente vascular cerebral.

Obesidade e Síndrome do Ovário Policístico (SOP)

A maioria dos pacientes diagnosticados com a síndrome dos ovários policístico, o distúrbio hormonal mais comum em mulheres em idade reprodutiva, estão com sobrepeso ou obese35.

A  síndrome está associado a uma acumulação de folículos completamente desenvolvidas nos ovários e é caracterizada por ciclos menstruais irregulares, múltiplos cistos no ovários e crescimento excessivo de pêlos. SOP é uma das principais causas de infertilidade e é uma causa significativa da resistência à insulina – e, assim, um fator importante no aumento do risco de uma mulher de desenvolver diabetes.

Adolescentes com excesso de peso também são suscetíveis ao desenvolvimento de SOP. hiperinsulinemia – ou excesso de insulina no sangue – a resistência à insulina, e excesso de peso são todos associados com SOP em adolescentes. As características comuns entre os adolescentes pós-púberes e adultos com SOP incluem o crescimento excessivo de pêlos, menstruação irregular e acne cística ou não cística.

Obesidade e Reprodução / Sexualidade

A obesidade em homens tem sido associada a alterações hormonais reprodutivos, disfunção sexual, e infertilidade. Em mulheres sem a síndrome dos ovários policísticos , a obesidade também compromete os resultados reprodutivos.

Obesidade e dislipidemia

A obesidade tem um efeito negativo sobre os níveis de lipídios no sangue, que conduzem frequentemente ao desenvolvimento de uma condição conhecida como dislipidemia . Dislipidemia, um fator de risco principal para a doença arterial coronariana, ocorre quando o colesterol LDL (mau colesterol) e os níveis de triglicéridos são elevados e colesterol HDL (colesterol bom) é baixo.Os médicos muitas vezes atribuem essa mudança anormal nos níveis de lipídios ao ganho de peso. A perda de peso, por outro lado, tem um efeito oposto.nós somos o que comemos. Portanto para ter saúde beleza e bem-estar, procure alimentação saudável e pratica de exercícios físicos isto é um dever de todo homem.

 



tags: obesidade, doenças, obesidade e doenças relacionadas


Como cuidar do seu cabelo

Como cuidar do seu cabelo

 cabelos

Cuidando bem do seus cabelos

Manter o seus cabelos bem tratados é relativamente fácil com o tipo certo de passos. O cabelo é feito de proteína, por isso, manter uma dieta saudável e uma boa higiene é uma parte essencial de manter bloqueios melado. Ao mesmo tempo, aqui estão algumas outras dicas sobre cuidados com o cabelo, e que você pode fazer em casa para obter cabelos incrivelmente bonitos.

Lavar os cabelos apropriadamente

Lave o cabelo com moderação e usar uma boa qualidade de shampoo. Maus produtos Muitas vezes pode deixar o cabelo seco, lixiviado de seus óleos naturais, e pode danificar seu cabelo. dedique a lavar os cabelos, no máximo, a cada dois dias ou até mesmo apenas duas vezes por semana.

Tente shampoos que não contêm sulfatos ou parabens. Sulfatos são os produtos químicos que fazem shampoos ensaboar-se. Os parabenos são conservantes que causam irritação e problemas oculares, após uso prolongado.  Ambos os produtos químicos não são saudáveis ​​para você ou o meio ambiente de modo a tentar usar shampoos com produtos de limpeza naturais para benefícios dos cabelos.

Escolha um xampu que se adapte ao seu tipo de cabelo. Não basta adquirir qualquer shampoo, use um shampoo que trabalha para o seu tipo de cabelo. Os tipos mais comuns incluem (mas não estão limitados a):

Os cabelos encaracolados ou grosseiros provavelmente quer frizz-minimização e suavizado com um bom shampoo.

Cabelo liso ou oleoso provavelmente requer um shampoo suave projetado para a lavagem diária dos cabelos.

Coloridas ou cabelos tratados provavelmente precisa de um shampoo que é enriquecido com extratos ou aminoácidos, porque tratar o seu cabelo é essencial, pois pode está danificados.

O cabelo seco, provavelmente precisa de shampoos com glicerina e colágeno para ajudar a restaurar um pouco de umidade para o cabelo.

Use condicionador que corresponde ao seu tipo de cabelo. Uma boa regra de ouro é o condicionar toda vez que você lavar os cabelos, embora muito processados ​​ou cabelo tingido provavelmente precisa de um pouco mais de amor do que o cabelo natural.

Tratamento profundo uma vez por semana. Use um produto de cuidado de cabelo comprado em loja ou sites do ramo, ou aventurar-se em sua própria casa e tentar uma solução caseira. Profundamente condicionado é muito bom para o seu cabelo. Ele mantém macio o cabelo, saudável e hidratada.

Condicionar seu cabelo corretamente com base no tipo de cabelo:

Para cabelos finos: Se você tem cabelo muito mole, tentar um tratamento de óleo vegetal antes de shampoo. Use óleo de lavanda ou chá-verde, por exemplo, e trabalhá-lo sob suas cutículas antes de lavar. Lavar com shampoo e aplicar o condicionador do meio-eixo para baixo até o fim. Deixe por um minuto antes de lavar.

Para cabelos médios e cabelos grossos, use um hidratante com hidratantes naturais. Mantenha a sua luz condicionado. Aplicar o condicionador em toda a sua cabeça e deixe ficar por 2-3 minutos.

Tenha cuidado ao usar produtos para o cabelo com muita proteína. O excesso de proteína pode deixar seu cabelo ressecado e quebradiço. Enquanto a proteína é o bloco de construção do cabelo saudável, usar condicionadores que vêm com ingredientes balanceados.

Soro-controle de frizz pode ser usado em pequenas quantidades para domar frizzes. Certifique-se de que você não usa muito, e lavar uma vez por semana com um shampoo de limpeza para evitar acúmulo, que vai deixar o cabelo maçante e escamoso.

Lavar o cabelo com vinagre antes da lavagem Fazer isso ajuda a fazer seu cabelo tornar mais brilhante e mais limpo, Além disso, ele trata a caspa. Use uma parte de vinagre (vinagre de maçã, de preferência orgânico) para 3 partes de água morna, em seguida, enxaguar e lavar o cabelo como normal.

Hidrate seu cabelo Use cinco óleos: Óleos de amêndoas, óleo de rícino, azeite, coco e lavanda. Misture proporções iguais de cada um. Aplique no cabelo e deixe-o por quatro horas antes de tomar banho.

secar os cabelos
Deixe o cabelo secar naturalmente.
 Depois que você sair do chuveiro, enrole o cabelo em uma toalha de algodão. As toalhas são feitas de tecido que é muito áspera e prejudicial para o seu cabelo, fazendo frizziness e pontas duplas. Evite escovar o cabelo quando molhado, torna o cabelo frágil e fraco. Só use um pente de dentes largos para escovar cabelos emaranhados enquanto o cabelo está molhado.

Tente não usar um secador de cabelos. O cabelo saudável não responde bem ao calor. O cabelo pode sofrer danos com o calor facilmente, especialmente a partir de blow-secadores. Se você tem que usar um secador de cabelos, secar o cabelo usando a configuração de menor temperatura e limitar o uso de uma vez por semana.

Se você tomar banho antes de dormir durante a noite, coloque o seu cabelo em um coque e deixe-o secar durante a noite ao ar. O teu cabelo deve ser seco de manhã.

Escovando seu cabelo

Não escovar o cabelo muito. Escovar o cabelo estimula os folículos, que promove o crescimento, mas escovar muito, muito frequentemente, irá causar danos aos fios de cabelo, que resulta em frizz e pontas duplas.

Depois de tomar banho, tente usar um pente dentado largo. Ou, use os dedos, em vez de uma escova.

Aparar o cabelo regularmente. A melhor maneira de se livrar de pontas duplas é aparando-as. Tire algumas pontas do cabelo atacando as pontas duplas cerca de 1/4 polegadas (0,6 cm) acima da divisão.

Pentear o seu cabelo natural, minimizando danos pentear por si só não excessivamente não danifica o seu cabelo, mas pentear repetidas e várias vezes, coloca um pouco de tensão séria sobre os cabelos.

Evite perming, frisando, endireitar, curling, e branqueamento ou repetidamente a coloração do cabelo, se possível. Então, você quer sair no sábado à noite e precisa de seu cabelo alisado. Isso é bom. Apenas torná-lo um deleite ocasional, não é uma coisa permanente.

Não use elásticos para puxar o cabelo para trás ou não estilo. Elástico irá incentivar o seu cabelo para ser roubado, rasgando-o para fora do folículo ocasionando queda de cabelos.

Tente não usar penteados que firmemente puxa o cabelo para trás. Estilos como trancinhas ou rabos de cavalo apertados podem causar danos nas raízes, ou colocar pressão sobre os folículos.

Em vez disso, experimente um rabo de cavalo simples ou chignon parece limpo e requer muito poucos produtos de cabelo. Você também pode apenas manter o seu cabelo para baixo e usar uma tiara

Trate ou tinja seu cabelo com moderação. Tingimento e tratar o seu cabelo inadequadamente pode causar queda. As pessoas que optam por um tratamento natural muitas vezes não vivem o mesmo problema com cabelos secos e danificados, ou over-processados.

Se você pintar o cabelo, fazê-lo de vez em quando. Faça uma pausa de tingimento e da ao seu cabelo um pouco de fôlego. Ele deve responder favoravelmente.

Manter o seu estado geral de saúde

Comer de forma saudável beneficia a saúde dos cabelos. Dê ao seu cabelo a quantidade certa de vitaminas. Desde que o cabelo é feito de proteínas, comer uma dieta equilibrada, rica em proteínas magras, cereais integrais, frutas e legumes. Uma dieta saudável irá garantir cabelos que parece e se sente melhor.

Certifique-se de começar uma abundância de vitamina C. Esta vitamina fortalece os cabelos. Além disso, o ferro ajuda a transportar oxigênio aos vasos sanguíneos, zinco cresce e repara o tecido, e o omega-3 ácidos graxos faz crescer o cabelo saudável.

Dê ao seu cabelo algum tempo para mostrar novo brilho. O que você come não vai ter uma diferença imediata no cabelo que você já tem, mas vai ajudar com o cabelo que vai recentemente crescendo.

Retirar o estresse de sua vida. Estressores físicos e mentais irão impedir o seu cabelo de realizar seu pleno potencial.

Estresse pode causar queda de cabelo, por isso tente não deixar o estresse superar você. Isto significa encontrar saídas saudáveis ​​emocionais para o seu stress: ioga, bike, meditação ou outras formas de exercício todos os trabalham bem para manter a sua saúde e a saúde de seus cabelos.

Mais Dicas para o cuidado com os cabelos

O estresse tem um impacto maior do que você pensa. A meditação pode ser muito útil, assim como o exercício.

Coloque um óleo em seu cabelo durante a noite antes de ir tomar banho, porque isso faz com que seu cabelo fique brilhante.

Se você absolutamente tem que usar o calor, certifique-se de usar um spray de proteção em primeiro lugar. Estes são muito baratos.

Não durma com o cabelo molhado ou úmido. Isso irá enfraquecer os folículos e fazer fios de cabelo quebradiço. Seque em calor baixo nas raízes antes de dormir.

A maioria das pessoas usam mais shampoo do que elas precisam. Dependendo do comprimento do cabelo, você provavelmente só precisa de uma pequena quantidade.

Lavar o cabelo com água fria depois de terminar a lavagem e condicionamento para fazê-lo brilhar e olhar ainda mais gostoso do que era antes.

Quando secar com toalha, não esfregue o cabelo vigorosamente. Isto divide o cabelo. Tente usar uma toalha de micro fibra como elas absorvem muita umidade.

Você pode, naturalmente, fortalecer o seu cabelo, misturando cenouras, e frutas ou Vitaminas juntos em um liquidificador e esfregando suavemente no cabelo antes de lavar. Certifique-se de lavar bem.

Advertências para não danificar os seus cabelos.

Proteger os cabelos contra a exposição excessiva à luz solar e poeira.

Ferros de alisamento podem causar queimaduras, se você não for cuidadosa. Preste atenção no que você está fazendo enquanto você usá-los.

 

Palavras chaves:

Cuidados com os cabelos, como cuidar dos cabelos vida plena de saúde, tratamento para os cabelos, dicas de cuidados com os cabelos, cuidados caseiro com o cabelo, receitas para cabelos, como fortalecer os cabelos, como evitar queda de cabelos.


Olá, mundo!

Bem-vindo ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a publicar!